quarta-feira, abril 30, 2008

Escada sem corrimão

É um escada em caracol
e que não tem corrimão.
Vai a caminho do Sol
mas nunca passa do chão.


Os degraus quanto mais altos,
mais estragados estão.
Nem sustos nem sobressaltos
servem sequer de lição.

Quem tem medo não a sobe.
Quem tem sonhos também não.
Há quem chegue a deitar fora
o lastro do Coração.

Sobe-se numa corrida.
Corre-se p´rigos em vão.
Adivinhaste: é a vida
a escada sem corrimão.

David Mourão Ferreira

1 comentário:

Mário Neves disse...

Este texto está no meu coração. Costumo ouvi-lo cantado pelo Camané no CD "Esta coisa da Alma". É verdadeiramente emocionante e de uma grande profundidade e sabedoria daquilo que pode ser a Vida. Este texto/música toca-me muito pois faz-me lembrar a minha querida Avó Laurinha. Parabéns pela publicação! Mário Neves.